Libra - a Cryptomoeda do Facebook

Vamos prestar atenção a esta especie de ICO, vindo de onde vem vai certamente ser polémica...

O Facebook declarou que a audiencia alvo desta iniciativa é principalmente 1.7 billiões de adultos que não têm conta bancária. Vai dar que falar certamente, principalmente no que diz respeito a regulação.

Comentários

  • Como tantos outros eu estou um pouco cauteloso com esse desenvolvimento, a ideia é abrangir os “unbanked” mas por outro lado cria duas coisas, uma base de dados mundial, para melhor perseguir os créditos e por outro lado tirar vantagem do pessoal menos dotado para a adopção de novas tecnologias visto que eles estão momentaneamente “presos“ no atraso de vida de plataforma que é o Facebook.


    Vamos notar também que o Facebook fica então senhor da sua moeda e do seu respectivo valor - licensa para imprimir dinheiro?

  • Parece que afinal a moeda do Facebook se vai chamar Globalcoin?
  • Também li isso num lado qualquer, e e engraçado ver que os bancos de investimento parecem estar a criar productos financeiros baseados em cryptomoedas? Está algo a mudar no mundo dos productos financeiros de investimento. O Facebook está certamente a planear uma tranformação no seu negócio, de rede social alimentada por serviços publicitários a banco de retalho? Não admira que existam algumas reservas se tivermos em conta que com uma base de utilizadores como a que eles têm vão certamente enfrentar criticismo pelo menos no que diz respeito a lei de concorrencia...
  • Estou com a ideia que li em qualquer lado que o nome da moeda criptográfica do Facebook vai ser Globalcoin?
  • moderador disse:
    Estou com a ideia que li em qualquer lado que o nome da moeda criptográfica do Facebook vai ser Globalcoin?
    Algum progresso com a cryptomoeda do Facebook?
  • O Conselho de Estabilidade Financeira (FSB), que trabalha com todos os membros do G20, publicou recentemente um documento que sugeria uma regulamentação rigorosa contra as "stablecoins globais" - um termo cunhado para representar as stablecoins vinculadas a ativos fiduciários e que operam além-fronteiras. O documento apresentava várias recomendações a serem consideradas pelos governos, incluindo o banimento de sistemas stablecoin totalmente descentralizados, e convidou comentários.

    Embora essas recomendações tenham sido apenas tentativas, com as recomendações finais a serem publicadas em Outubro de 2020, sugere que uma iniciativa global como Libra enfrentaria forte resistência - o que não seria surpreendente, já que já recebeu críticas das autoridades.

  • Alguém sabe algumas novidades acerca desse projecto com ares de sinistro?

  • @Nuno disse:
    Alguém sabe algumas novidades acerca desse projecto com ares de sinistro?

    Não tenho a certeza, mas acho que li qualquer coisa em estilo de “polémica“, mas o que não é polémica com o Facebook...

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.