Médico alimenta controvérsia com conselhos do YouTube sobre como tomar fenbendazol

editado June 26 em Saúde e Bem-Estar

Não vamos fazer a famosa pergunta legítimo/vigarista aos nossos leitores visto se tratar de um médico credenciado que não recebeu nenhuma acção disciplinar da ordem dos médicos no seu país. Não consigo encontrar os seus vídeos no Youtube acerca de como ele aconselha tomar fenbendazol para tratar cancro. O artigo segue os polémicos vídeos de um médico coreano que aconselha tomar fenbendazol como tratamento para o cancro.

Este post segue todas as regras do fórum acerca de “fake news“, promoção de curas para o cancro não provadas etc. Os artigos são como sempre debaixo de ”fair usage“ para motivos de discussão e crítica.

Médico alimenta controvérsia com conselhos do YouTube sobre como tomar fenbendazol(vermífugo para cães)

Recentemente, vários pacientes com câncer foram admitidos em hospitais universitários devido a efeitos colaterais após tomarem remédios para desparasitação e um deles morreu, em meio a preocupações crescentes com a pressa dos pacientes com câncer de tomar medicamentos anti-helmínticos para curar sua doença.

O vídeo de um especialista médico no YouTube sobre como pacientes com câncer devem tomar fenbendazol, um vermífugo para cães, está causando cada vez mais controvérsias.

O oncologista de radiologia Kim Ja-young enviou um vídeo do YouTube em 7 de outubro, explicando como tomar fenbendazol. (Foto capturada no YouTube)
Desafiando o aviso da Associação Médica Coreana e do Ministério de Segurança de Alimentos e Medicamentos contra o uso do vermífugo para efeitos colaterais inesperados, a oncologista de radiologia Kim Ja-young afirmou em seu canal no YouTube que era seguro tomar fenbendazol. Sua alegação imediatamente convidou críticas da comunidade médica.

Kim enviou o videoclipe intitulado "O vermífugo para cães é seguro para humanos?" no YouTube, em 7 de outubro, depois que o fenbendazol se tornou um tema quente entre pacientes e médicos com câncer.

Ela citou quatro razões pelas quais o fenbendazol era seguro para as pessoas.

Segundo Kim, o fenbendazol provou ser seguro por 40 anos e a taxa de absorção humana da droga é muito baixa em 20%, dificultando a exibição de toxicidade. Além disso, o agente é tóxico para organismos inferiores, como parasitas, e menos tóxico para organismos superiores, como humanos e mamíferos, disse ela. Mesmo que um paciente tome fenbendazol por três dias consecutivos, o descanso por quatro dias liberará a maior parte do ingrediente do medicamento, afirmou Kim.

“O fenbendazol é um vermífugo para cães, enquanto os humanos tomam mebendazol ou albendazol. Sua ação básica é a mesma. O medicamento (fenbendazol) foi desenvolvido no início da década de 1970 e provou ser seguro por 40 anos ”, disse Kim no vídeo.

Se um paciente toma 2.000 mg de fenbendazol líquido de uma só vez, não tem efeitos colaterais agudos e os pacientes podem comprar os remédios para desparasitação humana mebendazol e albendazol em uma farmácia, disse Kim, enfatizando que todos eles são seguros para os seres humanos.

"Independentemente de o medicamento ter um efeito anticâncer ou não, é um medicamento seguro", disse ela.

Kim explicou como levar o vermífugo para cães em detalhes. Para uma paciente com câncer metastático de rápido progresso e múltiplos, ela recomendou tomar fenbendazol 222mg quatro vezes ao dia por três semanas, tomar 222mg uma ou duas vezes por dia após a terceira semana e dar um intervalo por quatro dias.

Era seguro usar a alta dose de fenbendazol, porque no passado os pacientes usavam altas doses de mebendazol, até 2.000 a 3.000 mg por mais de três semanas, quando parasitas eram encontrados no cérebro, Kim continuou.

Ela também detalhou a quantidade de fenbendazol a ser tomada e o cronograma de medicamentos para aqueles que se beneficiaram com o uso do medicamento.

Para aumentar a taxa de absorção, os pacientes devem tomar o medicamento imediatamente após as refeições ou tomar a pílula de desparasitação com azeite de oliva de 60 a 100cc para que a bile possa ser secretada.

O vídeo de Kim em três partes atingiu 60.000-180.000 visualizações a partir das 15:00, segunda-feira. Os espectadores deixaram mais de 500 comentários nos vídeos, principalmente agradecendo a ela por se manifestar por pacientes com câncer.

No entanto, a comunidade médica manifestou preocupação com o vídeo de Kim no YouTube.

“Podemos entender como os pacientes com câncer progressivo e suas famílias estão desesperados para tomar qualquer medida, se houver um pouco de chance de combater o câncer. Mas alguns casos de cura do câncer com fenbendazol são evidências fracas, porque são baseados em experiências pessoais que não foram objetivamente validadas por meio de uma comparação de grupo em um estudo clínico ”, disse KMA.

A Sociedade Coreana de Oncologia Radiológica (KOSRO) disse que estava perdida por causa do vídeo do YouTube.

“Recebemos uma reclamação sobre o vídeo de Kim em outubro e analisamos o assunto internamente.

Mas não era ilegal o médico fornecer tratamento, por isso não podíamos ordenar oficialmente uma ação disciplinar ou divulgar uma declaração oficial ”, disse Lee Jong-hoon, diretor de assuntos gerais da KOSRO.

O Ministério da Saúde e Bem-Estar disse que não poderia dar uma punição administrativa a Kim apenas por causa de seu conteúdo no YouTube.

“Nos termos da Lei de Serviços Médicos, podemos impor sanções por fornecer informações médicas falsas ou exageradas em um canal de transmissão. Mas o YouTube não é categorizado como transmissão de acordo com a lei de transmissão ”, um funcionário da divisão de políticas de recursos de saúde do ministério de saúde e bem-estar.

“O conteúdo do YouTube sobre fenbendazol é bastante confuso em termos da Lei de Serviços Médicos. Embora o ministério não considere punir Kim pelo vídeo do YouTube, poderíamos analisá-lo se recebermos uma reclamação oficial ”, acrescentou.

Fonte:koreabiomed.com/news/articleView.html?idxno=6835

Comentários

  • Não consigo encontrar os tais vídeos originais, a internet precisa de um Youtube não-censurado, uma coisa são regras de decência e legalidade, outra é controlar o conteúdo por motivos de proveito próprio!

  • Chegei a ver isso em algum lado, devo ter algures guardado na história do computador do trabalho, depois se encontrar ponho aqui traduzido. @editor mandei-te PM.

  • Ainda não vi esse documentário, existem muitos documentários acerca de curas naturais para o cancro e terapias alternativas e muitas parecem perigosas.

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.